Templos de leitura para as suas férias

Templos de leituraLer é fundamental, não é mesmo? A prática da leitura e da escrita é um ato que deve ser incentivado todos os dias pelos pais e professores. A propósito, eles devem ser os maiores exemplos disso. Então, que tal incluir no seu plano de viagem das férias uma visita a bibliotecas públicas? Veja as que selecionamos para você:

- Fundação Biblioteca Nacional
No Rio de Janeiro, a Fundação Biblioteca Nacional é endereço obrigatório, tanto quanto o Cristo Redentor. Considerada pela Unesco como uma das dez maiores bibliotecas nacionais do mundo e a maior da América Latina, ela protege um acervo de mais de nove milhões de itens, entre livros, manuscritos, monografias, mapas, estampas, moedas e medalhas do século 18 até os dias atuais. Ali estão peças que pertenciam à família real portuguesa, trazidas por D. João VI em 1808, e também títulos e registros raros, que ajudam a contar a história do Brasil. Desse acervo, destaca-se a primeira edição de Os Lusíadas, do poeta Luís de Camões, uma das obras mais importantes da Língua Portuguesa. Por fora, o prédio também vale o passeio. Construído entre 1905 e 1910 pelo arquiteto Francisco Marcellino de Souza Aguiar, ele tem formas e estrutura inspiradas nos prédios franceses da época e é um dos representantes cariocas do estilo chamado Art Nouveau.

A Fundação Biblioteca Nacional fica na Avenida Rio Branco, 219, no Rio de Janeiro.

- Biblioteca Pública do Estado do Rio Grande do Sul
Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, a Biblioteca Pública do Estado do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre, é mais um desses endereços intelectuais que valem uma visita. Construído bem no centro da cidade em 1922, o prédio conquistou esse título graças ao seu estilo arquitetônico único e à riqueza de exemplares literários e registros históricos que armazena. Ao todo, são 200 mil volumes, entre livros, manuscritos e periódicos. Parte dessa coleção conta a história do Estado.

Outro endereço imperdível na capital gaúcha é a Casa de Cultura Mario Quintana. Instalado no antigo Hotel Majestic, que servia como residência a esse poeta dos pampas, o centro cultural abriga salas de teatro, auditórios, salas de cinema, galerias para exposições de arte e cafés, além de três bibliotecas. Ali, a dica é retirar algum volume dos escritores locais e intercalar a leitura com a apreciação do mais belo pôr do sol do país, no Rio Guaíba. O espetáculo é inesquecível!

A Biblioteca Pública do Estado do Rio Grande do Sul fica na Rua Riachuelo, 1.190.
A Casa de Cultura Mario Quintana fica na Rua dos Andradas, 736, ambas em Porto Alegre.

- Biblioteca Monteiro Lobato
Criada pela pedagoga e bibliotecária Lenyra Fraccaroli em 1936, a Biblioteca Monteiro Lobato, em São Paulo, é totalmente dedicada à literatura infanto-juvenil. Com mais de 59 mil títulos em seu acervo, ela é a mais antiga do gênero no país. A casa abriga a coleção pessoal do escritor Monteiro Lobato, criador de personagens tão importantes para a cultura nacional como a Boneca Emília, o Visconde de Sabugosa e a menina Narizinho. São 4.500 itens, entre livros, correspondências e até fotografias, móveis e objetos pessoais do escritor. O espaço também costuma oferecer uma programação rica em atividades culturais para as crianças. Vale a visita!

A Biblioteca Monteiro Lobato fica na Rua General Jardim, 485, na Vila Buarque, em São Paulo.

- Biblioteca Pública do Paraná
Uma das maiores bibliotecas públicas do país, a BPP conta com um acervo de 400 mil livros, além de periódicos, fotografias, mapas, cartazes e materiais de multimeios e multimídia. Atende em média 3 mil usuários por dia, o que representa cerca de 2 mil empréstimos diários de livros. Entre as curiosidades da BPP, está um acervo da bela e preciosa coleção de Ex Libris que pertenceu ao colecionador Dr. Ely de Azambuja Germano. Ex Libris são etiquetas que indicam a posse bibliográfica. Eram artisticamente confeccionadas ou não, estampadas ou impressas em papel, coladas nas contracapas de cada livro, como um indicativo de posse da obra.

A Biblioteca Pública do Paraná fica na Rua Cândido Lopes, 133, Centro, em Curitiba.

Foto: Divulgação

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *